Terapêutica hormonal em doença neoplásica (2)

Ir em baixo

Terapêutica hormonal em doença neoplásica (2) Empty Terapêutica hormonal em doença neoplásica (2)

Mensagem por amaral bernardo em Ter 20 Nov 2018, 06:26

"É certo que o ácido zolendrónico, o ocreótido e o lanreótido não fazem parte do grupo CFT 16, mas são utilizados em doentes com  neoplasia, no primeiro caso com metástases ósseas e no segundo e terceiro com neoplasias neuroendócrinas, que são admitidos para tratamento das mesmas.
Por analogia também não poderíamos usar o BCG e a mitomicina C nas neoplasias da bexiga pois estes também não fazem parte da CFT 16.
 
Estive a reler a  Circular referida e, e mantenho as dúvidas, pois esta vem acabar com a codificação da utilização de fármacos da CFT 16 em situações não oncológicas, mas não é específica para fármacos de outros grupos utilizadas em situações oncológicas, com exceção dos tuberculostáticos na neoplasia da bexiga."


(Responde Fernando Lopes)
 
 
A Circular Normativa Nº4/2014/DPS/ACSS refere-se à codificação clínica dos tratamentos antineoplásicos. 
Veio retirar a possibilidade de codificar/agrupar/faturar tratamentos com fármacos antineoplásicos em situações não neoplásicas e sistematizar a codificação dos tratamentos antineoplásicos em situações neoplásicas. 
Nesta sistematização mencionam-se os citotóxicos, as hormonas e as anti-hormonas e os imunomoduladores (CFT 16) e não se referem fármacos exteriores ao grupo CFT 16.
A mitomicina C pertence ao grupo 16.1.6 e o BCG ao grupo 16.3, pelo ambos que se enquadram no que é previsto na circular.
 
A pergunta da não previsão de outros fármacos como o ácido zolendrónico (CFT 9.6.2 Bifosfonatos), o ocreótido e o lanreótido (CFT 8.1.3 Antagonistas hipofisários), exteriores ao grupo CFT 16 mas utilizados em situações oncológicas deve ser colocada à ACSS.
 
Fernando Lopes
 
-------------------------------------------------------
 
Fernando Lopes <fernando.oliveira.lopes@gmail.com> escreveu no dia quinta, 25/10/2018 à(s) 11:26:
Olá
 
 
"Hoje recebi um pedido de esclarecimento do H. Dia Oncológico sobre a admissão de doentes para administração de Fulvestrant i.m. na neoplasia da mama, Zometa (ácido zolendrónico) i.v. nas metástases ósseas e lanriótido/ocreótido nas neoplasias neuroendócrinas: podem inserir-se nas sessões de H. Dia, codificar-se e agrupar-se em GDH.?
 
Penso que sim, pois trata-se de terapêutica hormonal injetável em doença neoplásica.
E nesse caso codificaria como admissão para hormonoterapia (Z51.11) seguido dos códigos da doença e da administração do fármaco pela via indicada, certo?
 
Quanto ao zometa / ácido zolendrónico, tratando-se de um bifosfonato usado, neste caso, na terapêutica de metástases ósseas é enquadrável em:  Admissão para quimioterapia antineoplásica mais o código da neoplasia e o das metástases, e injecção de outro antineoplásico?"
 
 
Classificação farmacológica (CFT):
- fulvestrant: CFT 16.2.2.1 Antiestrogénios
- ácido zolendrónico: CFT 9.6.2 Bifosfonatos 
- octreótido e lanreótida: CFT  8.1.3 Antagonistas hipofisários  

 
Segundo a Circular Normativa nº 4/2014 (Codificação clínica referente aos tratamentos antineoplásicos e à utilização de farmacos grupo 16 da CTF em situações não oncológicas), só é permitida a codificação e o agrupamento em GDH das sessões de hospital de dia que utilizem fármacos da CFT 16, a qual inclui os citotóxicos (16.1) as hormonas e as anti-hormonas (16.2) e os imunomoduladores (16.3).
 
Estão de fora, por isso, os bifosfonatos e os antagonistas hipofisários.
 
A  codificação do diagnóstico principal será Z51.11 se for um citotóxico e Z51.12 se for um imunomodulador (como, por exemplo, os anticorpos monoclonais).
As hormonas e as anti-hormonas codificam-se com o Z51.11 porque, apesar de não terem código de admissão da ICD-10-CM específico, pertencem ao grupo dos antineoplásicos.
 
Em todos os casos deve codificar-se como diagnóstico adicional a neoplasia e, como procedimento, a administração do fármaco.
 
Circular Normativa nº 4/2014 ficou famosa porque veio acabar com a codificação da utilização de fármacos do grupo 16 da CFT em situações não oncológicas, a qual era permitida desde 2010.
 
 
Fernando Lopes
amaral bernardo
amaral bernardo

Mensagens : 266
Data de inscrição : 19/12/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum