Admissão para Fonação, Deglutição e VADS

Ir em baixo

Admissão para Fonação, Deglutição e VADS

Mensagem por amaral bernardo em Seg 31 Dez 2018, 07:17

"Como codificar admissão para colocação de prótese fonatória?
 E admissão para estudo da deglutição? 
 E para VADS ?"
 

(Responde Fernando Lopes)
 
As admissões para receber um serviço, depois do tratamento de uma doença ou lesão, classificam-se com um código Z do Capítulo 21 Factors influencing health status and contact with health services (Z00-Z99) se lá existir um código adequado.
No caso de não existir um código adequado para a prestação de um serviço específico codifica-se o problema para o qual se destina o serviço.
 
Esta área da codificação continua a ser objeto de muitas dúvidas mas é necessário ter em mente que os códigos Z foram criados para contemplar situações muitos específicas: 
Categories Z40-Z53 are intended for use to indicate a reason for care. They may be used for patients who have already been treated for a disease or injury, but who are receiving aftercare or prophylactic care, or care to consolidate the treatment, or to deal with a residual state. (ICD-10-CM, instrução na secção Z40-Z53)
Estas situações implicam cuidados simples e não (habitualmente) intervenções (cirúrgicas) significativas:
When a person who may or may not be sick encounters the health services for some specific purpose, such as to receive limited care or service for a current condition, to donate an organ or tissue, to receive prophylactic vaccination (immunization), or to discuss a problem which is in itself not a disease or injury. (ICD-10-CM, instrução na secção Z40-Z53)
 
Por exemplo, para decidir entre o diagnóstico da neoplasia e a admissão para quimioterapia como diagnóstico principal a orientação é simples:
Treatment directed at the malignancy
If the treatment is directed at the malignancy, designate the malignancy as the principal diagnosis.
The only exception to this guideline is if a patient admission/encounter is solely for the administration of chemotherapy, immunotherapy or external beam radiation therapy, assign the appropriate Z51.-- code as the first-listed or principal diagnosis, and the diagnosis or problem for which the service is being performed as a secondary diagnosis. (ICD-10-CM Official Guidelines for Coding and Reporting, FY 2019, Page 30 of 120)
 
As  admissões para estudo de uma doença ou lesão (por exemplo problemas da deglutição) devem codificar-se com o código da doença, sinal ou sintoma, a não ser que se trate de um rastreio ou exame especializado de um utente sem diagnóstico, nem sinal ou sintoma.
Z04 Encounter for examination and observation for other reasons 
Includes: encounter for examination for medicolegal reasons
This category is to be used when a person without a diagnosis is suspected of having an abnormal condition, without signs or symptoms, which requires study, but after examination and observation, is ruled-out. This category is also for use for administrative and legal observation status. (ICD-10-CM categoria Z04)
 
Depois de uma laringectomia por neoplasia pode criar-se uma fístula esófago-traqueal para nela implantar uma prótese fonatória. A situação não é muito diferente da admissão para implantação de uma gastrostomia percutânea (PEG) ou para a criação de uma fístula cutâneo-peritoneal para diálise.
Enquanto que para a a implantação do cateter para diálise foi criado um código específico Z49.02 Encounter for fitting and adjustment of peritoneal dialysis catheter, para a PEG não existe um código Z e codifica-se a doença (por exemplo AVC, paralisia cerebral, esclerose lateral amiotrófica, dificuldade de deglutição...) como diagnóstico principal. Os códigos Z disponíveis dizem respeito apenas aos cuidados com a PEG, preexistente, e não com a sua implantação inicial:
 
Z43 Encounter for attention to artificial openings 
Includes: 
closure of artificial openings
passage of sounds or bougies through artificial openings
reforming artificial openings
removal of catheter from artificial openings
toilet or cleansing of artificial openings 
Excludes1: complications of external stoma (J95.0-, K94.-, N99.5-) 
Excludes2: fitting and adjustment of prosthetic and other devices (Z44-Z46) 
Z43.0 Encounter for attention to tracheostomy 
Z43.1 Encounter for attention to gastrostomy 
Excludes2: artificial opening status only, without need for care (Z93.-)
 
Então se a admissão for relacionada apenas com a prótese fonatória poderá utilizar-se um código Z:
Z45 Encounter for adjustment and management of implanted device 
Includes: removal or replacement of implanted device
Z45.8 Encounter for adjustment and management of other implanted devices
Z45.89 Encounter for adjustment and management of other implanted devices
 
Para além da codificação do problema que possa justificar a fistulização esófago-traqueal existe, no entanto, uma alternativa nas situações pós-laringectomia por neoplasia:
           Z48.3 Aftercare following surgery for neoplasm
 
 
Em relação à terceira questão colocada (VADS) a minha resposta é simples: o que quer dizer VADS?
- Visual Analogue Discomfort Scale ?
* Visual Aural Digit Span test ?
- Voies Aéro-Digestives Supérieures ?
- Vascular Access DeviceS ?
- Ventricular Assist DeviceS ?
... deve ser o * teste apenas por causa do contexto das outras duas questões colocadas.
Se um dos grandes problemas dos codificadores são os acrónimos/siglas/abreviaturas que desconhecem... porque caem na mesma tentação de escrever um acrónimo sem dizer o seu significado?
 
Se for o que penso, a resposta foi dada acima em admissões para estudo.
 
Ver também a mensagem Admissão para exames de 12-10-2018
 
 
Fernando Lopes
amaral bernardo
amaral bernardo

Mensagens : 201
Data de inscrição : 19/12/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum