Reinserção da placa volar a nivel de F1 de D2 com âncora

Ir em baixo

Reinserção da placa volar a nivel de F1 de D2 com âncora

Mensagem por amaral bernardo em Qua 06 Mar 2019, 06:25

Como codificar o procedimento de reinserção da placa volar a nivel de F1 de D2 com âncora de sutura 3/0 para tratar uma deformidade em botoeira?"



(Responde Fernando Lopes)
 
 
A reinserção de uma estrutura no seu local de origem (ou noutro adequado) enquadra-se em 
Reatachment: Putting back in or on all or a portion of a separated body part to its normallocation or other suitable location.
 
As tabelas de reattachment não contemplam Devices mas os materiais de sutura ("com âncora de sutura 3/0") não são considerados devices:
Guideline B6.1b
Materials such as sutures, ligatures, radiological markers and temporary post-operative wound drains are considered integral to the performance of a procedure and are not coded as devices.
 
Que estrutura é a placa volar?
The volar plate is a multilayered condensation of fibrocartilagenous tissue lying between the flexor tendons and the palmar volar proximal interphalangeal joint (PIPJ) capsule. It originates from the proximal phalanx and inserts onto the middle phalanx. At its proximal origin, it has extensions called “checkrein ligaments,” which attach to the periosteum of the proximal phalanx adjacent to the distal end of the A2 pulley
(Volar Plate Avulsion Injury)
 
Se a placa volar se puder enquadrar nos ligamentos, então o procedimento acima indicado enquadrar-se-á em
 
0MM[7|8][0|4]ZZ  Reattachment of [Right|Left] Hand Bursa and Ligament, [Open|Percutaneous Endoscopic] Approach
 
 
Fernando Lopes
amaral bernardo
amaral bernardo

Mensagens : 189
Data de inscrição : 19/12/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum